Nem sempre enxergamos o que estamos olhando.

Os olhos chegam antes, percorrem o ambiente, abrindo caminhos para os outros sentidos. Por meio deles, temos a percepção da luz, que dá vida a cores e formas, revelando sombras, contrastes, nuances…

O fascínio pelas imagens desenvolveu instrumentos que reproduzem o mecanismo da visão, como máquinas fotográficas, microscópios e telescópios, fundamentais para entender melhor o universo.

E, embora a visão seja o mais ativo dos sentidos, nem sempre realmente enxergamos o que estamos olhando. Para que isso aconteça, é preciso contemplar. Simplesmente parar e observar cada detalhe, seja de um rosto, de uma paisagem, seja de um objeto…

Você pode começar por este site, ou qualquer outro. Tente observá-lo na totalidade e relacionar o maior número de informações visuais…

Note as cores, as áreas com foco e desfocadas, as diferentes expressões e envolva-se através da visão com a emoção suscitada no momento…

Matérias Relacionadas